Informacoes sobre Imigracao

ATENCAO. Essa pagina agora tem site proprio. Veja em
Imigrar.com (clique)

Para pedir uma informacao sobre imigracao para os EUA, va para o final dessa pagina.

Trabalhar nos EUA

Atencao. Esse pagina demora um pouco para carregar. Por favor, aguarde.

ou VOLTE para a pagina de IMIGRACAO para ver outros topicos

TODAS as informacoes aqui sao de carater meramente informativo, e nao sao respaldadas por nenhum advogado ou orgao do governo americano ou brasileiro.



  1. Quais as profissões aceitas para imigrantes mais frequentes?
  2. Operador de Macintosh na area de desenhos de formulario tem trabalho nos EUA?
  3. Como obter autorizacao para trabalhar nos EUA?
  4. Posso abrir uma empresa de representacao ou vendas nos EUA?
  5. Como advogado/a posso trabalhar nos EUA?
  6. Medica anestesiologista pode trabalhar nos EUA?
  7. Sou dentista e gostaria de ir morar uns tempos e trabalhar
  8. Sou Atleta Profissional de Futebol e queria saber oque preciso fazer para conseguir jogar nos EUA?
  9. Qual o mercado para a area de informatica - Programacao Delphi?
  10. Sem falar ingles he muito dificil conseguir trabalho?
  11. Como conseguir o visto H-1?
  12. Onde procurar por trabalho nos EUA?
  13. Perguntas sobre visto H-1
  14. Qual o prazo de validade deste visto? Ele poderah ser prorrogado?
  15. O prazo passa a contar da data de emissao ou a partir da chegada do profissional nos USA?
  16. Apos receber este visto, qual o prazo que o profissional tem para entrar nos USA?
  17. Quem tem H-1 pode solicitar o Green Card?
  18. Acompanhante de uma pessoa portadora de H-1, tem outras limitacoes alem de nao poder trabalhar?
  19. Como preencher o novo Form G-1020, Specialty Occupation Data Collection
  20. Eu tenho um passporte com multiplas entradas e visto H-1B. Se eu mudar de empregador eu tenho que pegar um novo H-1B para poder viajar para fora do pais?
  21. Se o meu empregador falir, durante meu visto H-1, tenho que sair do pais?

 


  1. Quais as profissões aceitas para imigrantes mais frequentes?
  2. Atualmente as profissoes em alta estao relacionadas aa area de informatica. Tecnicos especializados e engenheiros formados em computacao tem muitas oportunidades. Na area de saude existe oportunidades para mao de obra altamente especializada. Fora isso, nao posso dizer que seja facil conseguir empregos, mas nao chega a ser super dificil, mas voce tem que apresentar uma habilidade que interesse ao teu empregador aqui.
  3. Operador de Macintosh na area de desenhos de formulario tem trabalho nos EUA?

    Essa area he muito procurada aqui. Visite minha pagina COOL, na parte de Jobs, e faca uma pesquisa sobre o mercado de trabalho, visite tambem a pagina de Ingles, para saber como fazer um curso de ingles aqui nos EUA, (voce tem que ter um ingles razoavel para poder se empregar aqui). Veja a pagina de Tipos de Visto, para saber mais informacoes sobre visto H-1, que seria o teu caso para visto de trabalho, ou visto F-1, que seria para estudante.

  4. Como obter autorizacao para trabalhar nos EUA?
  5. Aqui he outro longo processo. Tanto que tenho duas respostas : a curta e a longa:
    Resposta CURTA:
    Procure empregos no qual voce possa se qualificar na minha pagina COOL, no titulo JOBS. La tem milhares de empregos. Mande o teu resume para as empresas que te interessam, (em ingles), e espere pelas respostas. Recebendo respostas, inicie o processo de contratacao. Provavelmente voce tera que vir para ca, como turista, para um entrevista. Ai, se a empresa realmente gostar de voce, eles dao inicio aqui ao processo de Visto H (veja a pagina Tipos de Visto).Eles farao uma carta dizendo que querem te empregar. Voce leva isso para o teu advogado, que fara o pedido para o INS, juntando a carta com as tuas qualificacoes.Isso leva de 3 a 6 meses para sair o visto. O custo de um advogado para isso gira em torno de 500 a 2000 dolares, dependendo do advogado e da tua profissao (profissoes mais rentaveis, os advogados cobram mais... ). Esse custo he seu, e nao da empresa. Apos o pedido, voce tem que aguardar a aprovacao pelo INS, que te enviara uma carta declarando que voce esta apto para trabalhar aqui nos EUA. Uma vez com isso em maos, voce vai no consulado, e pede o teu visa, com visto de trabalhardo.
    Para poder ter o visto H, voce tem que ter qualificacoes tais como um diploma universitario, ser especialiado na area que esta sendo contratdo aqui, bem como aqui tem que ter falta dessa exata mao de obra que voce estara suprindo. Ou seja, se tem gente aqui que faz esse servico, suas chaces serao bastante baixas de conseguir o emprego. Outro fator he que a empresa tera um custo adicional de impostos com a tua contratacao, e ai voce tera que produzir mais para a empresa, para que seja justificada a tua contratacao. Os encarcos salariais da empresa serao mairoes sobe o teu salario, por isso que muitas empresas nao se interessam em contratar mao de obra estrangeira. Outras preferem isso, pois podem pagar menos para o estrangeiro. He tudo questao de encontrara a empresa certa.

    Resposta LONGA:
    Eu diria que a parte mais difícil do patrocínio do visto de imigrante é convencer o empregador americano que seu patrocínio para um trabalhador estrangeiro vale o tempo e o esforço despendidos. Muitos empregadores americanos acreditam que as leis reguladoras do processo sejam muito complexas e os procedimentos a serem
    seguidos sejam muito exaustivos. Por isso, o empregador termina achando que não vale a pena o tempo e o esforço a serem despendidos. Com esta crença em mente, muitos empregadores simplesmente concluem que é mais fácil empregar um trabalhador americano. Conseqüentemente, se você deseja obter seu "Green Card", através do patrocínio de um empregador americano, você deverá estar preparado para convencer seu patrocinador que seus esforços para ajudá-lo não demandam tempo ou recursos. Para tanto você deverá ter um total entendimento do papel a ser desempenhado pelo seu empregador-patrocinador, através do processo de aplicação para o visto de imigrante. Para tanto, iremos revisar as obrigações do empregador em cada estágio para obtenção do "Permanent Resident Alien Status".

    Geralmente, a participação do empregador pode ser dividida em três estágios: (1) Certificação de Trabalho; (2) Aplicação para Visto de Imigrante; e (3) Aplicação para Visto Permanente para Residente Estrangeiro.

    Durante a etapa Certificação de Trabalho, o trabalhador beneficiário apenas tem que providenciar informações básicas sobre si próprio, a serem incluídas juntamente com o material de aplicação do empregador. Este estágio do processo requer apenas a participação do empregador e do Department of Labor estadual e federal. A responsabilidade do empregador começa com a preparação e submissão completa do "Application For Alien Employment Certification" ao State Department of Labor. A partir daí mudanças ou acréscimos do "application" podem ser solicitadas. Quando a "application" for considerada completa, incluindo-se aí quaisquer
    mudanças ou acréscimos, caberá então, ao empregador anunciar, em um jornal, a posição que está sendo oferecida ao trabalhador patrocinado, a fim de se determinar se existem trabalhadores americanos qualificados, desejando e podendo preencher a posição oferecida.

    A etapa do anúncio pode ser relativamente fácil para o empregador. O nome do empregador jamais é mencionado no anúncio. Pede-se aos candidatos que enviem seus currículos diretamente para o Department
    of Labor. Estes currículos serão encaminhados ao empregador. O empregador não deve se preocupar em receber chamadas ndesejadas ou correspondência diretamente dos candidatos. O empregador, igualmente não precisa temer que pessoas estranhas à companhia venham a saber que o anúncio é seu. Em muitos casos, inclusive, nenhum candidato responde à oferta de trabalho.

    O único trabalho que o empregador tem durante a certificação de trabalho, é quando algum candidato responde à oferta de trabalho. Neste caso, o empregador terá que justificar porque o(s) candidato(s)
    não atende(m) às necessidades do cargo. Em muitos casos, o solicitante simplesmente é desqualificado, baseado apenas nas informações contidas no seu currículo. Por outro lado, se o currículo indicar que o candidato pode ser razoavelmente qualificado para a posição oferecida, o empregador deverá marcar uma entrevista pessoal com o candidato e, através do processo da entrevista, verificar se a pessoa não está realmente qualificada para o trabalho. Se houver muitos candidatos qualificados, que desejem ser
    entrevistados, o empregador terá que arcar com o peso das entrevistas, ou correr o risco da solicitação para o Alien Employment Labor Certification ser negada, por não ter sido dada aos candidatos a oportunidade de apresentarem suas qualificações.

    Uma vez encerrada a fase do anúncio e das entrevistas, o empregador deverá submeter seu "relatório final", descrevendo os resultados do seu anúncio e os esforços de recrutamento. Poderá, eventualmente, ser chamado de novo pelo US Department of Labor para esclarecer informações contidas no Application For Alien
    Employment Certification e defender suas razões ao rejeitar os candidatos que responderam ao anúncio (informação esta, que o empregador também deverá ter passado ao State Labor Department).
    A resposta do empregador pode necessitar de alguma pesquisa legal e uma detalhada listagem de fatos, incluindo os resultados da pesquisa. Neste ponto, muitos empregadores não querem empregar seu tempo e esforço nesta tarefa.

    Na segunda fase do processo, é solicitado ao empregador que submeta a "Petition for Immigrant Worker" ao US Immigration Service. Esta petição será bem sucedida, se os resultados do Labor Certification forem positivos. [i.e. o Labor Department certifica que não há trabalhadores americanos prontos, desejando ou capazes de preencher a posição oferecida ao trabalhador patrocinado]. Nesta etapa do processo, o empregador deverá prover informações financeiras sobre si próprio, incluindo restituição de impostos ou
    outras formas de pagamento de impostos ou informações bancárias, a fim de convencer o US Immigration Service que ele tem capacidade de pagar o salário que está sendo oferecido. Além disto,
    encaminhando o processo, deverá redigir uma carta concisa, explicando porque o empregador deseja patrocinar o trabalhador e descrever as condições do emprego e a necessidade dos serviços do
    empregado. A partir deste momento, o empregador terá muito pouco a fazer, de sua parte. Normalmente, cabe ao trabalhador beneficiário submeter evidência que está qualificado para a posição desejada. A
    evidência, normalmente submetida, consiste em apresentação de certificados escolares com transcrição para o inglês e cartas de ex-empregadores, certificando que a experiência e o treinamento que o empregado teve anteriormente.Na fase final do processo, o empregador não tem mais nada a fazer, que não seja reiterar sua intenção de empregar o trabalhador em conformidade com os termos e condições descritas na sua Petition for
    Immigrant. Doravante, a responsabilidade maior recai sobre os ombros do trabalhador estrangeiro patrocinado. Cabe-lhe providenciar mais informações pessoais sobre ele mesmo e sobre membros de sua família, que irão acompanhá-lo nos Estados Unidos, como residentes estrangeiros permanentes.

    Se você está tentando convencer um empregador a ser seu patrocinador para um Permanent Resident Alein, há ainda alguns outros pontos a ressaltar. Primeiro, o empregador estará mais inclinado a oferecer seu patrocínio, se estiver seguro que poderá a qualquer momento abandonar o processo, sem sofrer qualquer tipo de sanção legal ou contratual por parte do governo ou do trabalhador patrocinado. Em quase todos os casos, esta é a verdade. Em segundo lugar, o empregador se sentirá mais à vontade, se cada um envolvido no processo concordar que o advogado responsável pelo caso se reporte primeiramente a ele. Finalmente, a vontade do
    empregador de continuar através dos vários estágios do processo é fortemente afetada pela assistência que recebe do trabalhador beneficiário e do advogado que estará encarregado de preparar toda a documentação. Assegure-se de estar usando um advogado de imigração experiente, capaz de facilitar tanto quanto possível, para o empregador, o peso do processo. Para sua melhor segurança, você deve conseguir atingir a meta da obtenção do Permanent Residence nos Estados Unidos.

     

  6. Posso abrir uma empresa de representacao ou vendas nos EUA?
  7. A abertura de uma empresa envolve uma serie de passos. Voce pode comecar olhando o visto B-1 e E-1 para ter uma ideia do tipo de visto que seria necessario. Para abrir uma empresa nova, voce tem que ter um aporte de capital da ordem de $1.000.000, e tem que empregar no minimo 5 americanos, para que voce possa ter direito ao Green Card. Para abrir uma filial he mais simples. Basta comprovar que a matriz, no brazil, tem negocio com os Estados Unidos, que voce pode abrir um escritorio de representacao, mas voce tem que sair do pais a cada 3 meses no maximo. Se voce abrir um Incorporated, voce pode abrir por menos, (com cerca de $2.000 voce abre uma), porem voce nao pode trabalhar nela. Tera que contratar empregados americanos para trabalhar para voce, e voce nao tera direito a visto de Business. Tera que ficar com visto te Turista, pois Incorporated parte do presuposto que voce he acionista, e como acionista voce nao tem que ficar morando aqui. Uma empresa em casa, nao he permitido para nao portadores de Green Card.... Voce pode comprar/alugar o que voce quizer aqui, mas nao podera trabalhar. Tera que por gente trabalhando para voce, e sem o investimento de $1.000.000 que te falei no inicio, nao podera ter Green Card, ai tera que entrar e sair do pais, no maximo a cada 3 meses.

  8. Como advogado/a posso trabalhar nos EUA?
  9. Como advogada suas oportunidades nao sao das melhores... O exame do board para advogados he considerado um dos mais dificies aqui. Voce teria que praticamente fazer o curso todo, pois a materia lecionada no brazil nao bate com quase nada do que he exigido aqui. Voce poderia pensar em vir e fazer o teu curso aqui, e ai tentar um trabalho, mas nao sera facil. Os poucos advogados brasileiros que conheco ou trabalham como auxiliares, ou como pesquisadores de campo de outros advogados.
    Voce teria que ter a sorte de achar uma empresa americana que queira um bom advogado para fazer negocios com o Brazil. Voce ate poderia trabalhar aqui, mas sempre como auxiliar (a nao ser que voce reconheca teu diploma aqui), e isso seria difil, pois ai a empresa teria que contratar voce e mais um advogado para realmente representar a empresa, e eles nao poderia te processar caso voce faca contratos prejudiciais aa empresa (he, isso he uma pratica comum aqui, advogados contratados para processar advogados...).

  10. Medica anestesiologista pode trabalhar nos EUA?
  11. Para poder trabalhar como medica aqui, voce teria que prestar exames (board de medicina, TOEFL com escrita,leitura gramatica da lingua inglesa, bem como um exame oral), e a tua escola de medicina teria que ser aprovada pelo board do estado que voce escolher para vir. (Cada estado tem metodos e exames diferentes). Leia a parte de Green Card para enfermeiras (clique no link), para saber o procedimento necessario. A diferenca he que medicina NAO da direito a Green Card. No caso de medicos, uma maneira de vir seria vir para estudar. Escolha uma especializacao para fazer, ou algum curso de media/longa duracao, venha para ca como estudante, ai comece a dar entrada em todos os teus papeis. Devido ao curso que voce estaria fazendo, voce pode ficar aqui legalmente, sem problemas com a imigracao. Apos ter seu diploma reconhecido (de 1 ano a 2, se voce nao tiver que tomar nenhuma classe adicional para complementar teu curso de medicina feito no Brazil), voce entao pode tentar trabalho com visto H-1. Veja na pagina Tipos de Visto. Com o visto de trabalho H, voce pode trabalhar no hospital que te deu o visto por ate 3 anos, quando o visto pode ser renovado por mais 3 anos.

  12. Sou dentista e gostaria de ir morar uns tempos e trabalhar
  13. Voce pode vir como estudante, com visto F-1. Veja algumas dicas de como estudar ingles pela pagina "Ingles nos EUA". Para trabalhar, seria bastante dificil na tua area, sem que voce passe em todos os exames de dentistas. Trabalhar em outras areas, somente se voce trabalhar na propria escola onde voce estiver estudando. He o unico local onde voce pode trabalhar legalmente durante teu periodo de estudos. Proximo de onde more existe a melhor faculade de dentistas dos EUA. He a Loma Linda Dentist School. Acho que vale a pena voce visitar o site deles tambem.

  14. Sou Atleta Profissional de Futebol e queria saber oque preciso fazer para conseguir jogar nos EUA?
  15. Basicamente a melhor forma de voce entrar no mundo esportivo, seria se matricular em uma universidade, para fazer alguns cursos (nao necessariamente todo um curriculon, apenas algumas materias), e ai comecar a tua carreira esportiva. Tente os links com Universidades Americanas. O futebol esta comecando a aparecer aqui como uma opcao de bolsa de estudos, e isso te ajudaria a entrar no meio. Quanto aos tipos de vistos, cosulte minha pagina "Tipo de Visto", que e veja no visto tipo "P", que he para atletas. Se voce se encaixar na situacao que o governo propoem, suas changes serao melhores. Agora caso tua ideia seja vir como jogador, um procedimento seria contactar times americanos (imagino que o teu Ingles seja fluente para conversasao ao menos, caso contrario, recomendo um curso de ingles antes de se aventurar no futebol, consulte meu link sobre isso), e ai entrar com um advogado para regularizar teu visto como atleta (P).

  16. Qual o mercado para a area de informatica - Programacao Delphi?
  17. Existem empresas americanas que estao anunciando no Brazil. Voce pode tentar jornais como Estado de Sao Paulo, que ira encontrar ofertas de emprego aqui nos EUA, para pessoas com teu tipo de formacao profissional. He dificil achar esse tipo de informacao aqui, pois se a empresa procura pessoal de fora, nao he provavel que ela anuncie aqui dentro. Quanto a questao da area em Delphi, aquie nao he o melhor mercado, mas existe um mercado sim. Se voce pudesse obter conhecimentos em Oracle, com certeza suas chances aumentam bastate. Outra coisa he ficara rapido na busca, pois com o problema do ano 2000, a procura de programadores que possam consertar programas antigos he muito grande, e isso pode ser uma boa oportunidade para voce vir.

  18. Sem falar ingles he muito dificil conseguir trabalho?
  19. Sim. O ingles he fundamental para o conseguir um bom emprego nos EUA. Nao so o falar, como tambem o escrever. O minimo que recomendo he que voce tenha 500 pontos ou mais no TOEFL.

  20. Como conseguir o visto H-1?

    O primeiro passo para ter um visto H-1 he ter uma habilidade especial, que te faca ser interessante para uma empresa americana. Se essa empresa faz negocios com o Brazil, uma boa oportunidade para quem fala Ingles e Portugues. Se voce trabalha com informatica, esse campo esta bastante aberto para os imigrantes ou trabalhadores com visto H-1. Voce tem que ter bons conhecimentos de Ingles. Veja a pagina sobre Ingles, e veja a pagina Estudar.

    1. Primeiramente localize empresas que possam te dar trabalho na pagina COOL, sob o titulo JOBS
    2. Envie curriculuns, em ingles, para todas elas, e aguarde resposta. Pode ser necessario mais de uma pesquisa, em varios meses. No curriculum ja avise que voce nessesita de visto H-1.
    3. Ao receber respostas, planeje uma visita aos EUA, para conhecer a empresa, bem como para contactar um bom advogado, que vai cuidar do teu caso de visto H (algo em torno de $1.000 a $2.000).
    4. De entrada na papelada, e ai tem que aguardar. He um processo de cerca de 1 ano, as vezes um pouco mais. Talvez voce tera que aguardar fora do pais, para nao ficar ilegal.
    5. Esteja preparado para um bom periodo de adaptacao. Uma boa ideia he nesse meio tempo, voce ficar aqui como estudante, com visto F-1, legalmente.

  21. Onde procurar por trabalho nos EUA?
  22. Visite a parte de JOBS na pagina COOL. Existem milhares de opcoes la.

  23. Perguntas sobre visto H-1
  24. Veja a pagina "About H-1"

  25. Qual o prazo de validade deste visto? Ele poderah ser prorrogado?
  26. O prazo de validade do H-1 he de 3 anos, e pode ser renovado por mais 3 anos.

  27. O prazo passa a contar da data de emissao ou a partir da chegada do profissional nos USA?
  28. O prazo he a partir da emissao do visto.

     

  29. Apos receber este visto, qual o prazo que o profissional tem para entrar nos USA?
  30. Nao existe limitacao quanto a isso, mas voce pode perder o direito de entrada, caso passe os 3 anos.

  31. Quem tem H-1 pode solicitar o Green Card?
  32. A empresa que o contratou pode pedir um Green Card sim. Mas he um processo bastante longo.

  33. Acompanhante de uma pessoa portadora de H-1, tem outras limitacoes alem de nao poder trabalhar?
  34. Basicamente nao. Pode frequentar escolas, pode ter Social Securit, pode ter Drivers Licence, pode abrir crediario...

  35. Como preencher o novo Form G-1020, Specialty Occupation Data Colletion

    1.The "Address Label" and "Receipt Label" box are optional. However, for accuracy, it is
    recommended that you use the receipt label provided with the petitions and attach it to the "Receipt
    Label" box.

    2.Question number one asks for the beneficiary’s highest degree earned and provides a box next to the
    letter from "a" through "i".

    Place a check or "x" in the appropriate box that is most closely related to the degree submitted with
    the petition.

    3.Question number two asks for the beneficiary’s major or primary field of study and provides thirty
    boxes (30 characters) in which to write. This is because CLAIMS will only allow for thirty
    characters.

    Uses the submitted transcript to determine the beneficiary’s minor and major. Once you determine
    the beneficiary’s major or primary field of study, fill in the boxes with one character per box.

    4.Question number three asks for the beneficiary’s rate of pay per year.

    The rate of pay is the total compensation of the beneficiary’s annual salary and benefits (i.e. housing,
    medical, annual/sick leave, etc.), therefore, if the Adjudicating Officer determines that the petition
    requires additional information, the Officer may want to ask for the "Total compensation."

    5.Question number four ask for the LCA Code.

    The LCA Code is a 3-digits code that can be obtain from the Labor Condition Application (LCA)
    Form 9035.

    Service Centers’ Directors are required to develop procedure to ensure that all Form G-1020s are
    completed accurately. This verification needs to be done at least once a month.

    U.S. Department of Justice
    Immigration and Naturalization Service
    Service Center Operations

  36. Eu tenho um passporte com multiplas entradas e visto H-1B. Se eu mudar de empregador eu tenho que pegar um novo H-1B para poder viajar para fora do pais?
  37. Nao. voce pode usar seu visto antigo para re-entrar nos EUA, desde que voce carregue seu 'Notice of Aproval (form I-797)' para o seu novo empregador com voce.

  38. Se o meu empregador falir, durante meu visto H-1, tenho que sair do pais?
  39. Nao. voce podera procurar outro emprego nos proximos 30 dias, e tranferir teu sponsor para esse segundo empregador.

 


 

ATENCAO. Essa pagina agora tem site proprio. Veja em
Imigrar.com (clique)

Todas as paginas desse site sao © de GoElton.com. Reproducao somente com permissao.
Se esta pagina foi util para voce, por favor assine meu
livro de visitas


FORUM de DISCUSSAO. CLIQUE AQUI


VOCE TEM AMIGOS???
Envie essa pagina para seus amigos
Clique AQUI


Volta para IMIGRACAO ou para a Pagina Brazil ou VIAGENS

Ou veja os itens abaixo
Passear - Intercambio - Estudar - Trabalhar - Green Card
About Me - Brazil - Cool
Home